Por que Nimesulida é proibida em Alguns Países?

Nunca foi permitido usar nimesulida nos Estados Unidos, Canadá, Grã-Bretanha, Austrália etc. Em alguns países onde foi permitido, como Finlândia, Espanha, Turquia, foi proibido devido a efeitos colaterais graves, incluindo mortes e falência de fígado transplante de fígado.

 

Seu uso em crianças ou não era permitido em todos os locais, incluindo a Suíça, onde o medicamento foi descoberto e  foi proibido em 1999, quando algumas crianças morreram. Bangladesh acabou de banir o uso em crianças com efeito imediato e impediu a importação de medicamentos a granel, de modo que, com efeito, o uso em adultos também chegará ao fim quando os estoques atuais estiverem esgotados.



 

No Brasil a venda desse produto não possui nenhum tipo de problema. Exitem diversos laboratórios que produzem esse medicamento. Entretanto, em países estranegeiros
o governo proibiu o uso pediátrico da droga analgésica nimesulida, por seus efeitos adversos no fígado e insuficiência hepática. A decisão foi tomada pelo Ministério da Saúde da União, depois que especialistas na Junta Consultiva Técnica sobre Medicamentos recomendaram a proibição do medicamento junto com outros cinco. O ministério decidiu proibir a venda, distribuição e fabricação de formulação pediátrica de nimesulida juntamente com cisaprida, fenilpropanolamina, extrato de placenta humana e sibutramina e R-sibutramina.

 

A substância Phenylpropanolamine, usado em xaropes para tosse, aumenta o risco de acidentes vasculares cerebrais. O extrato de placenta humana, sendo promovido por reduzir os efeitos colaterais da radiação e infertilidade feminina, não tem eficácia conhecida, enquanto a sibutramina, uma droga anti-obesidade, está associada ao aumento do risco de ataques cardíacos.