O que pode ser um nódulo na axila?

Um nódulo na axila pode ocorrer por muitos motivos, e não devemos alarmarnos sem saber porque foi formado. Uma vez que vamos ao médico, ele nos dará as respostas que precisamos baseados em quando notamos o volume pela primeira vez, se tiver mudado de tamanho, se estamos amamentando, se machuca e se relacionar com outros sintomas. Nós também procede a um exame físico que determine qual é a raiz do problema. Se a causa é viral, devido a uma infecção, o inchaço desaparecerá tal como veio. Se ocorreu como reação a uma alergia, teremos que resolver que a produz e eliminar esse elemento alérgeno. Possíveis causas de um nódulo na axila Agora, existem três motivos principais pelos quais podemos desenvolver um nódulo na axila. Vamos vê-lo. A forunculosis é a causa mais comum de formação de volumes ou esferas nas axilas. É um cisto que se forma devido a uma infecção na glândula sudorípara, que impede a saída do suor, que termina na saída dos pêlos da axila. Pode ser bastante irritante ou até mesmo doloroso, mas é inócuo. A melhor maneira para se prevenir é cuidar da depilação, pois é quando o pêlo pode ficar preso e provocar o aparecimento de um cisto. O linfoma é uma possibilidade que não podemos descartar. É um tipo de câncer que tem um tratamento muito eficaz. Dependendo do tipo de linfoma receberemos uma ou outra medicação, mas, antes de tudo, não se deve perder a esperança, é uma doença que pode vencer. Podemos relacioná-lo com outros sintomas, como um pouco de febre, perda de peso ou muita transpiração durante a noite. No entanto, também podem ocorrer sem maiores sinais que o próprio volume. Uma inflamação dos gânglios não é uma questão alarmante, podem inflamar-se, se estamos doentes ou sofremos alguma infecção. Nosso médico logo aparece também o problema que é o que causou a inflamação e nos receitar um medicamento em função da origem do problema. Lembre-se que se você tem um nódulo na axila, o mais habitual é que se trate de uma forunculosis ou cisto e que, no caso de que seja um linfoma há soluções. Imagens de Veet e Dove.