Lesões associadas às novas tecnologias

Passar horas em frente ao computador ou enviando mensagens em um telefone móvel pode dar lugar à rigidez no pescoço e, às vezes, até mesmo a tendinite do polegar, como lesões principais. Atualmente, foi desenvolvido um procedimento de imagem que simula de maneira realista com que os músculos e as articulações são colocadas sob considerável tensão ao usar este tipo de dispositivos. A tensão nos ombros e dores de boneca também são mais comuns entre as pessoas que passam longos períodos de tempo trabalhando em frente ao computador, mas segundo os pesquisadores, também alguns gestos para controlar os dispositivos móveis podem causar níveis particularmente elevados de stress, mesmo nos joelhos. Para ajudar os designers e desenvolvedores de novos dispositivos, este método de análise oferece a possibilidade de encontrar uma combinação ideal de desempenho do usuário e a ergonomia física. Assim, demonstrou-se que os movimentos da esquerda para a direita e de cima para baixo, colocam menos tensão nos músculos do que para a frente e para trás. De acordo com os hábitos sociais, as telas sensíveis ao toque, exigem que os usuários mantenham o seu braço em uma posição que, durante longos períodos de tempo, está associada à fadiga muscular conhecida como "fadiga do braço de gorila" (cotovelo separado do corpo, ombro caído e braço em semi-flexão) A coluna vertebral não é projetado para se manter em posturas forçadas durante longos períodos de tempo (flexão de pescoço constante, por exemplo), e nossos polegares não são feitos para fazer este tipo de tarefas repetitivas, durante longos períodos de tempo, em uma área tão pequena, pelo menos no dia de hoje (pode ser que a evolução natural permita isso em alguns milhares de anos). Por isso, estas são algumas dicas saudáveis para o uso de um dispositivo móvel: