Dicas para controlar as micoses cutâneas

As micoses de pele são doenças da pele produzidas por fungos, que pode aparecer em qualquer momento da vida de uma pessoa e afetar várias partes do corpo. Vos damos algumas dicas para controlar este tipo de doenças. Antes de entrar em matéria, temos que saber que existem diferentes tipos de infecções: impedir a dermatofitose ou você for tingir os e lesões produzidas por dermatófitos. As mais comuns são as que você for tingir os de corpo, cabeça e unhas, pé de atleta, candidíase e a comunidade. Como evitar as micoses da pele Há pessoas que têm uma maior predisposição para sofrer de micose. Seja por fatores genéticos ou ambientais, essas pessoas têm que manter-se mais alerta. Mas, como evitar as micoses da pele? A chave está em manter as condições de higiene boas: Tem que secar bem a pele, especialmente entre os dedos, quando saímos do chuveiro ou da piscina. Usar um calçado bem ventilado é muito importante. Evite compartilhar toalhas e lençóis Também não é recomendável compartilhar corta-unhas, limas, tesouras de unhas. Se estamos muitas horas com o mesmo calçado posto teremos que usar pó de talco ou meias de algodão que absorve o suor. Há que manter os pés secos. Sempre que vamos a ter relações sexuais usam o preservativo. Lavar sempre bem as zonas genitais depois de ter mantido relações sexuais. Como controlar as micoses cutâneas Pode ser que por uma razão ou outra acabamos pegando algum tipo de micose cutânea, que é quando passamos ao controle da mesma: Quanto nossas alertas encontrarem-se acudiremos ao médico para que nos envie os medicamentos pertinentes e, assim, evitar que a infecção se espalhe ou complicado. Não devemos auto medicarnos ou deixá-lo passar, porque pode nos levar a um agravamento do problema. Se o fungo está em pé: Teremos que evitar o calçado fechado, especialmente no verão, e ventilarlo várias vezes. Não andes descalço pelas piscinas ou academias de ginástica. Após a ducha, concentre-se em secar bem a pele entre os dedos e use uma toalha específica para este trabalho. Com certeza, não partilhe meias, calçado, nem toalhas. Sempre usar meias e até mesmo mudá-los pelo menos uma vez por dia. Não esfregar a pele. Lavar a roupa do afetado em separado. Tomar banho a cada dia. O tratamento para qualquer uma destas infecções por fungos passa pela aplicação de uma pomada na região afetada. Mais tarde ou mais cedo acaba desaparecendo do corpo. Mas se já o fizemos uma vez, isso quer dizer que, ou não temos sido cuidadosos, ou temos algum tipo de predisposição a ter micoses cutâneas. Na nossa mão está a corrigir.