Dicas para conseguir mais sucesso sendo Youtuber

Uma grande comunidade, em número e qualidade de assinantes, é uma imensa fonte de visitas e o traço por excelência de um canal do YouTube de sucesso. Não é de admirar que todos queremos ter o máximo número de assinantes no nosso canal.

Pois eu tenho uma boa notícia para você: não é tão difícil conseguir se sabe como.

Agora, antes de entrar na "chincha" deste tutorial eu quero sensibilizar com uma questão fundamental em tudo isso: aqui se aplica a frase de que "o importante não é o tamanho".

Naturalmente queremos o máximo número de assinantes possível, em vez disso, concentra-se, neste post, mas você tem que ter bem claro que esses assinantes só têm valor se forem de qualidade.Uma boa base de assinantes é uma grande fonte de tráfego direto, mas, além disso, são um motor de crescimento valiosissimos de seu canal porque essas pessoas, compartilhar suas imagens com outras pessoas e com isso fará crescer o seu canal ainda mais. Isso é óbvio.

O que, no entanto, é menos óbvio é que, se você ainda não tem muita experiência, são as consequências indiretas de ter assinantes de má ou boa qualidade.

Por que é tão importante ter assinantes de qualidade?

Um assinante de qualidade é realmente alguém que segue seu tema com interesse e confia em você.

Essas pessoas são as que irão partilhar os seus vídeos, farão comentários e começarão, em suma, que chegou a um limite, seu canal cresça sozinho, o famoso efeito bola de neve que, na Internet, ocorre de uma forma particularmente intensa quando isso acontece.

O que diferencia um assinante bom de um ruim

Os outros assinantes passivos, simplesmente estão lá, engrosando o número de assinantes, que exibe a capa de seu canal, mas, além disso, não se entregam nada.

A coisa fica ainda mais clara se formos para os efeitos económicos. Se você gostaria de, além de se divertir, gerar receita com o seu canal, de novo, estas receitas sairão quase que exclusivamente de seus maiores fãs. 

Por quê?

Vou Te dar exemplos com diferentes vias de monetização para ler o artigo:

Se você recomendar produtos usando links de afiliado para sites desses produtos (que lhe gerarão comissões sobre as compras), em sua imensa maioria, aqueles que vão fazer caso com suas recomendações serão os assinantes que confiam em ti. Tanto é assim, que há mesmo pessoas muito grata desejando devolver o favor, usando os seus links de afiliado.

Se tomamos o exemplo anterior, ao terreno dos produtos próprios (tipicamente um curso on-line, por exemplo), o comportamento é, de novo, muito parecido. Como confiam em ti, que querem o seu curso, não o curso da competição e, de novo, terão o prazer de lhe recompensar a si pelo seu trabalho pagándote por isso.

Por isso, é muito mais potente um canal com uma comunidade de 1.000 assinantes com as que você está muito ligado ("engagement") que um com 10.000 que nem sabem muito bem por que se inscreveram.

Tenha sempre esta perspectiva na cabeça e nem se prenda, nem te enfades com o número absoluto de assinantes.As famosas primeiras 4000 horas de exibição

Uma exceção a tudo o que acabei de comentar são as famosas 4000 horas de indicador nos últimos 12 meses e 1000 assinantes que o Google se exige, se quiser monetizar os seus vídeos com anúncios do YouTube (anúncios AdSense).


As 10 chaves para conseguir assinantes no YouTube rápido

Agora que falamos do primeiro fator determinante para o sucesso do seu canal, a qualidade da relação com seus assinantes, toca falar do segundo fator determinante:

A taxa de alta de assinantes em seu canal, isto é, em que medida você é capaz de converter seus visitantes em assinantes.

Aqui o cerne da questão vai estar em realizar o máximo de ações possíveis e que estas sejam o mais eficazes possível.