Como adaptar sua casa para a chegada de um bebê

A chegada de um bebê na família é o início de uma nova etapa, que além de estar repleta de alegria e felicidade, também virá acompanhada por um conjunto de mudanças que exigirão a adaptar a nossa habitação às necessidades do pequeno. A vida em casal e em casa começa a ser dominada por uma série de alterações com o nascimento de nosso serzinho, especialmente se se trata de nosso primeiro filho, uma vez que teremos que dedicar um quarto exclusivamente para o seu descanso. Manter uma temperatura agradável em casa para a saúde do nosso bebê Em todo momento, temos de procurar manter uma temperatura agradável em todo o agregado familiar, sendo os 20ºC a temperatura ideal para que o bebê esteja confortável, não apanhe frio e evitar o padecimento de doenças como a laringite, resfriados ou gripes. No momento em que utiliza o aquecimento é fundamental manter o ambiente úmido, para o qual podemos fazer uso de umidificadores ultra-sônicos para que possa respirar muito melhor. Igualmente, para evitar que apanhe frio, na hora de bañarle ou trocar a fralda, temos que procurar não manter muito tempo sem roupa. Não seria negligenciável fazer uso do aquecedor alguns minutos antes de entrar no banheiro para caldear o ambiente, situando-nos entre os 20ºC e 25ºC. Para saber se nosso serzinho tem frio, o que podemos fazer é tocar-lhe o pescoço ou na testa. No caso de que se encontre recozido, temos de caldear quarto o máximo possível. Um dos modelos de aquecimento mais confortáveis, simples e ajustados a um baixo custo. Ao aproveitar ao máximo a energia pode aquecer a habitação de uma maneira uniforme, gradual e apostar o máximo de economia. Por outro lado, devido a que nosso serzinho vai passar boa parte de seu tempo no quarto, temos de procurar um espaço que seja tranquilo, alegre e quente. Para conseguir isso, temos de ter em conta o estado de nossas janelas. Recomenda-Se optar por vidros duplos, que reduza a passagem do ruído proveniente do exterior e responsável de alterar o seu sonho. Também é de ter em conta os materiais que compõem as janelas, dado que, se são de madeira e não estão bem ajustados você pode filtrar o ar. Ao mesmo tempo, os especialistas recomendam evitar a desordem empregando pouco mobiliário, com grande capacidade de armazenamento, algo que facilita a limpeza do quarto. Este último é fundamental para a higiene e saúde do bebê. Benefícios do gás natural Tal como dito em linhas anteriores, é muito importante contribuir para um maior conforto no lar por meio de modelos comogas natural. No caso dos bebês prematuros, você tem que se lembrar que tem uma menor taxa de gordura corporal, por isso que devemos ajudá-lo a recuperar a sua temperatura corporal com a roupa adequada. O seu quarto tem de situar-se entre 21ºC e 24ºC. Também não é conveniente que o bebê tenha muito calor, porque ele seria um grande esforço para diminuir a sua temperatura corporal. Estamos diante de uma energia limpa, segura e respeitosa com o meio ambiente. O gás natural é uma mistura de hidrocarbonetos leves, resultado da decomposição de matérias orgânicas e vegetais. Nada tóxico ou corrosivo e muito mais leve que o ar, o gás natural é inodoro e incolor. Devido aos múltiplos usos que você pode oferecer, seja na indústria química para a produção de metanol, ou como produtor de energia elétrica, o gás natural é altamente demandado pelos usuários. Com esta energia, você poderá usar o menor número de recursos possível, conseguindo o máximo efeito. Sua combustão, projeta-se menor quantidade de C02 para a atmosfera, contribuindo desta forma para diminuir as conseqüências do efeito estufa. Você conhece os benefícios do gás natural para conseguir a simpatia que o vosso serzinho precisa para desfrutar de uma boa saúde?